Receba novidades - cadastre seu E-MAIL

sábado, 28 de junho de 2014

Vídeo - Baleiros para festas - Coqueirinho

Baleiros para festas - Coqueirinho

Aprenda a fazer diferentes baleiros para deixar suas festas maravilhosas. Papéis para enrolar balas.



Ivete Raffa
Arte educadora / Pedagoga
Cursos de capacitação para professores
iveteraffa@uol.com.br


terça-feira, 24 de junho de 2014

Projeto "Alimentação saudável" - Frutas com massinhas

Projeto: “Alimentação saudável”
 “FRUTAS”



Alimentação saudável

Ingerir alimentos saudáveis é um passo importantíssimo para se viver melhor. Quem se preocupa com a própria saúde, capricha na escolha dos alimentos.

Hoje existe um bombardeio de alimentos prontos e semiprontos nas prateleiras dos supermercados, estes alimentos possuem muitos conservantes prejudiciais a nossa saúde, sendo assim, é muito importante que na escola, desde as séries iniciais, as crianças aprendam o valor nutritivo dos alimentos Conheçam os que fazem bem à saude, os que fazem mal, a importância de ter uma alimentação balanceada, enfim, é preciso adquirir hábitos alimentares saudáveis para nos prevenirmos de infinitas doenças.

A alimentação saudável não é só salada com peito de frango grelhado. É necessário conhecer e alimentar-se dos mais diferentes alimentos pois todos eles possuem nutrientes importantes para nosso corpo.

Alimentar-se de forma saudável significa consumir quantidades adequadas de todos os grupos alimentares.

Fonte: www.uol.com.br (imagem)

    a)  Na base da pirâmide estão os carboidratos que são responsáveis por trazer energia ao nosso corpo. É essencial consumir esse grupo no café da manhã, almoço e jantar, caso contrário a disposição ao longo do dia será afetada, são eles: pão, massa, cereais, miho, mandioca, bolachas e outros.

b) Na segunda linha temos os alimentos reguladores e protetores do organismo – Nosso corpo precisa que façamos o consumo de vegetais por para que possamos evitar alguns tipos de doenças crônicas. É importante variar as cores dos vegetais pois quanto mais coloridos, mais nutritiva será a refeição.

   c) Nessa mesma linha temos as frutas – Elas são ótimas para a saúde e devem ser consumidas todos os dias. Elas são fontes de vitaminas, sais minerais e fibras, principalmente quando são consumidas ao natural. Possuem nutrientes essenciais a diversas funções do organismo.

     d)  Na terceira linha encontramos as proteínas que são importantes para a constituição dos nossos tecidos. Precisamos de 2 porções de carnes ao longo do dia, variando carnes vermelhas, peixes, peixes, ovos. O leite precisa ser diário e o ideal são dois ou três copos. Nesse grupo entra também a proteína vegetal que estão presentes nos grãos: feijão, soja, lentilha ou grão de bico e devem ser consumidas diariamente.

     e) No topo da pirâmide encontramos as gorduras. Precisamos de 01 a 02 porções por dia. Elas protegem o corpo contra choques mecânicos e controlam a temperatura do nosso organismo. Elas constituem fonte de energia. Existem gorduras que fazem bem ao nosso corpo, outras mal, portanto é necessário consumir óleos e gorduras com responsabilidade. Os doces também são importantes para o nosso corpo mas devem ser consumidos moderadamente.


Atividade: - Representar as frutas com massinhas com a técnica da modelagem.

Objetivos:
- Proporcionar às crianças discussão sobre a importância da alimentação saudável para  prevenção das doenças e para se ter qualidade de vida.
- Despertar nas crianças o interesse por uma alimentação mais saudável e natural, bem como estender os bons hábitos alimentares à toda a família.
- Conhecer os diferentes alimentos e entender a necessidade de ingestão diária de cada um deles.
- A partir do conhecimento das frutas, modelá-las com Massinha Soft Acrilex.



















Material: Massinhas Soft (Acrilex) e Big Canetas Hidrográficas da Acrilex, todas as cores.

Modo de fazer:
a)    Observe atentamente a fruta a ser reproduzida.
b)    Pegue porções de Massinha Soft e vá modelando até formar a fruta.
c)    Proceda dessa forma até reproduzir todas as frutas.
d) Faça os detalhes com as Big Canetinhas Hidrográficas da Acrilex.

Conteúdos trabalhados:
- Alimentação saudável
- Importância dos alimentos para a nossa saúde.
- As frutas
- Cores, formas, proporção, textura, bi e tridimensão, volume, etc.

Técnicas trabalhadas:
- Modelagem

Encaminhamento do trabalho:
I – Início – Converse com seus alunos sobre a alimentação deles no dia a dia. Veja quais alimentos são comuns entre eles e quais são diferentes.
II - Apresente às crianças a Pirâmide alimentar. Converse sobre ela, os alimentos e a necessidade de consumi-los frequentemente.
III – Peça às crianças que tragam frutas para a escola. Converse sobre cada fruta, valores nutritivos, sabor, cor, formato, etc.
IV – Proponha às crianças que, utilizando Massinhas Soft, modelem as frutas. Junte as frutas modeladas numa cesta.
V – Pique as frutas trazidas pelas crianças em pedacinhos e faça uma “Salada”. Divida a salada em porções e distribua às crianças para a degustação.
VI – Converse com seus alunos e relembrem o projeto desde o início, elencando tudo o que foi discutido e assimilado.

Observação: Projeto postado no site da Acrilex - www.acrilex.com.br - link "Educadores" - Edição 04

Ivete Raffa
Arte educadora e pedagoga
Cursos de capacitação para professores
iveteraffa@uol.com.br

domingo, 15 de junho de 2014

Obras de Arte - Vincent van Gogh

Obras de arte – Possibilidades de criação
Vincent van Gogh

"Por do Sol" - 1888

           Van Gogh é considerado um dos principais representantes da pintura mundial. Nasceu na Holanda em 1853. Teve uma irmã e um irmão (Theo). Com este irmão, estabeleceu uma forte relação de amizade. Através das cartas que trocou com o irmão, os pesquisadores conseguiram resgatar muitos aspectos da vida e do trabalho do pintor.
            Começou a atuar profissionalmente ainda jovem, por volta dos 15 anos de idade. Trabalhou para um comerciante de arte da cidade de Haia. Com quase vinte anos, foi morar em Londres e depois em Paris, graças ao reconhecimento que teve. Porém, o interesse pelos assuntos religiosos acabou desviando sua atenção e resolveu estudar Teologia, na cidade de Amsterdã.  Mesmo sem terminar o curso, passou a atuar como pastor na Bélgica, por apenas seis meses. Impressionado com a vida e o trabalho dos pobres mineiros da cidade, elaborou vários desenhos à lápis.

"O quarto" - 1888

Resolveu retornar para a cidade de Haia, em 1880, e passou a dedicar um tempo maior à pintura. Após receber uma significativa influência da Escola de Haia, começou a elaborar uma série de trabalhos, utilizando técnicas de jogos de luzes. Neste período, suas telas retratavam a vida cotidiana dos camponeses e os trabalhadores na zona rural da Holanda.
O ano de 1886, foi de extrema importância em sua carreira. Foi  morar em Paris, com seu irmão. Na nova cidade, conheceu importantes pintores da época como, por exemplo, Emile Bernard, Toulouse-Lautrec, Paul Gauguin e Edgar Degas, representantes do impressionismo.  Recebeu uma grande influência destes mestres do impressionismo, como podemos perceber em várias de suas telas.

"Os Girassóis"  - 1888

            Dois anos após ter chegado à França, parte para a cidade de Arles, ao sul do país. Uma região rica em paisagens rurais, com um cenário bucólico. Foi neste contexto que pintou várias obras com girassóis.  Em Arles, fez único quadro que conseguiu vender durante toda sua vida : A Vinha Encarnada. 
Convidou Gauguin para morar com ele no sul da França. Este foi o único que aceitou sua idéia de fundar um centro artístico naquela região. No início, a relação entre os dois era tranqüila, porém com o tempo, os desentendimentos foram aumentando e, quando Gauguin retornou para Paris, Vincent entrou em depressão.  Em várias ocasiões teve ataques de violência e seu comportamento ficou muito agressivo. Foi neste período que chegou a cortar sua orelha.  

"Árvore" - 1889

           Seu estado psicológico chegou a refletir em suas obras. Deixou a técnica do pontilhado e passou a pintar com rápidas e pequenas pinceladas. No ano de 1889, sua doença ficou mais grave e teve que ser internado numa clínica psiquiátrica. Nesta clínica, dentro de um mosteiro, havia um belo jardim que passou a ser sua fonte de inspiração. As pinceladas foram deixadas de lado e as curvas em espiral começaram a aparecer em suas telas 
           No mês de maio, deixou a clínica e voltou a morar em Paris, próximo de seu irmão e do doutor Paul Gachet, que iria lhe tratar. Este doutor foi retratado num de seus trabalhos: Retrato do Doutor Gachet. Porém a situação depressiva não regrediu. No dia 27 de julho de 1890, atirou em seu próprio peito. Foi levado para um hospital, mas não resistiu, morreu três dias depois.

"Noite estrelada" - 1889


Principais obras de Van Gogh : Os comedores de batatas, A italiana, A vinha encarnada, A casa amarela, Autorretratos, Retrato do Dr. Gachet, Girassóis, Vista de Arles com Lírios,  Noite Estrelada, O velho moinho, Oliveiras entre outros.
  

Atividade: Representação de algumas obras de Vincent van Gogh com diferentes materiais.

Objetivos:
a)     Conhecer a vida e as obras de Vincent van Gogh, as características da sua pintura, as cores utilizadas e os temas por ele retratados.
b)     Escolher uma obra do artista, fazer a leitura formal e interpretativa.
c)  Apropriar-se da obra e criar obras inéditas, com diferentes materiais e técnicas, partindo dela.

Atividade 01 – “Árvores e Por do sol” (desenho com giz de cera triangular)










Material: papel branco, gramatura 120 a 180, Giz de Cera Triangular e Crystal Cola da Acrilex.

Modo de fazer:
a) Fazer um desenho sobre o papel branco gramatura 120 a 180.
b) Pintar com Giz de Cera Triangular da Acrilex - Técnica impressionista (risquinhos, manchas, borrões). Com a ponta do giz vá fazendo risquinhos sobre o papel ou borrões para ir formando o desenho.
c) Se quiser, depois de pronto o trabalho, fazer relevos com Crystal Cola.

Atividade 02 – “Árvores” (Textura criativa)




Material: tela para pintura, Tinta Acrylic Colors (várias cores) Acrilex, Kit de Textura Criativa, Crystal Cola (várias cores) Acrilex, espátula, pratinho plástico, palito de sorvetes e pincel.

Modo de fazer:
a) Pinte a tela com Tinta Acrylic Colors (fundo), utilize as cores que mais se adequarem à sua paisagem. Coloque a tinta no pincel e molhe um pouquinho (pintura aguada).
b) Coloque Textura criativa sobre um pratinho plástico e misture com a Tinta Acrílica até obter a cor desejada, por exemplo, para o tronco da árvore utilizamos marrom, portanto, coloque a textura amarela no pratinho e adicione um pouco de Tintas Acrílica vermelha e um pouquinho de preto. Misture até ficar na cor desejada.
c) Aplique sobre a tela com a espátula ou palito de sorvete. Para fazer o tronco.
d) Proceda da mesma forma com a copa da árvore em tons de verde.
e) Faça o chão, sol, enfim, todos os elementos da obra e, para finalizar, faça relevos com a Crystal Cola da Acrilex.

Atividade 03 – “Noite estrelada” (Obra em continuidade)












Material: tela para pintura, Tinta Acrylic Colors da Acrilex, Xerox colorido da obra “Noite estrelada” de Van Gogh, Cola bastão Acrilex, Crystal Cola Acrilex e pincel.

Modo de fazer:
a) Cole a obra sobre a tela num canto, no meio, parte superior, inferior, onde achar melhor. Utilize a Cola bastão Acrilex.
b) Pinte o restante da tela dando continuidade à obra. Para isso utilize a Tinta Acrylic Colors.
c) Depois de pronta a sua obra, faça texturas, relevos com a Crystal Cola.

Conteúdos trabalhados:
- Leitura formal, interpretativa, releitura, vida e obras de Van Gogh.
- Linhas, formas, paralelas, perpendiculares, sobreposição, volume, texturas, bi e tridimensão, composição, proporção, harmonia e planos.

Técnicas trabalhadas:
- Pintura impressionista com giz de cera – Atividade 01
- Pintura aguada e Pintura com espátula – Atividade 02
- Colagem e Pintura em continuidade com relevo – Atividade 03

Possibilidades de trabalho:
- Inicialmente apresente aos alunos as obras de Vincen van Gogh, escolha uma delas (sugestão – “Árvores” ou “Noite estrelada”).
- Escolhida a obra, façam a leitura formal (linhas, formas, planos, cores, formas, etc).
- No segundo momento faça a leitura interpretativa da obra (O que vejo na obra?, O que está representando, o que me lembra? Qual a mensagem traz a obra, etc).
- Fale sobre o artista Vincent van Gogh, seu estilo, as cores usadas nas obras, o tipo de pintura, os girassóis, as árvores, os campos que tanto foram retratados por ele. Converse sobre as técnicas utilizadas por ele e como a pintura de Van Gogh foi se modificando do início de sua carreira até o final dela.
- Fale com as crianças sobre o Impressionismo, o que acontecia no Brasil e no mundo na época e o que isso influenciou Van Gogh.
- Inspirado na obra escolhida, faça o seu desenho e pinte conforme as sugestões acima ou crie outras possibilidades.
- Faça uma roda de conversa onde cada criança mostrará sua criação e contará o que aprendeu com o desenvolvimento da atividade, como foi o processo de criação, quais os novos conteúdos aprendidos e quais os relembrados.
    
Dicas:
Para trabalhar com a Textura criativa, é importante utilizar a espátula ou palitos de sorvete. Terminando de usar é necessário limpar a espátula para que possa ser utilizada posteriormente.
Para se obter outras cores na textura criativa utilize um pratinho e misture com palito de sorvetes.
As sobras de Textura criativa devem ser guardadas em potinhos fechados.
Lave os pincéis, seque e guarde para utilizá-lo na próxima atividade.
- Agite bem as tintas antes de abrir.
Depois de utilizar as tintas, limpe os bicos ou as bordas e tampe bem.

Observação 01: Os trabalhos das atividades 01 e 03 foram feitos pelas professoras da Rede Municipal de Paraguaçú Paulista em curso de capacitação em Novembro de 2010. 
Observação 02 : Plano de aula postado no site da Acrilex - www.acrilex.com.br - link "Educadores" - edição 04.

Ivete Raffa
Arte educadora e pedagoga / Cursos de Capacitação para professores

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Projeto - Copa do Mundo - Mônicas

Copa do Mundo - Mônicas


Este projeto foi desenvolvido pela prof. Gilda Lima de Artes do Colégio Autêntico de Guarulhos - SP, alunos do 6º, 7º e 8º anos.

Objetivos:
  • Conhecer a história da Copa do Mundo, os países que estão participando neste ano no Brasil (32), suas características, seus costumes, suas culinárias e uniformes das suas seleções.
  • Expressar-se artisticamente de forma tridimensional modelando Mônicas de Mauricio de Souza com Papel Mache da Acrilex. Pintá-las com os uniformes utilizados pelas seleções que estão participando da Copa do Mundo de 2014 no Brasil.
Material:
- Papel Machê, Base branca para artesanato, Tinta PVA ou Guache (Acrilex), pincel e palitos de churrasco.

Modo de fazer:
a) Modele as partes da Mônica separadamente conforme as fotos abaixo. 
b) Junte as partes com palitos de churrasco. Espere secar.
c) Passe uma demão de Base branca para artesanato da Acrilex.
d) Escolha o país que será representado, estude seus costumes, comidas, as cores da sua bandeira e pinte a Mônica com elas.







Ivete Raffa
Arte Educadora e Pedagoga
Cursos e Livros para crianças 
iveteraffa@uol.com.br







domingo, 8 de junho de 2014

"Aprendendo com Contos e Fábulas" - autora Ivete Raffa


Meu novo livro: "Aprendendo com Contos e Fábulas"


Ideias Mil - Brincadeira de Criança - Jogo da Argola ou Boliche

Brinquedo e brincadeira – “Jogo da Argola ou Boliche”


Objetivos: construção de um brinquedo, socialização, passatempo, impulso, atenção, direção, cálculo de distância.

Materiais:  garrafinhas PET, Primer, Tinta Acrílica fosca (várias cores), Marcdor permanente, EVA, fitilhos, olhinhos móveis, pincel e tesoura.

Modo de fazer o brinquedo:
a)    Passe uma demão de Primer em cada garrafinha. Espere secar.
b)    Pinte as garrafinhas com a Tinta Acrílica fosca (uma de cada cor).
c)    Com o Marcador Permanente desenhe a sobrancelhas, boca e nariz.
d)    Cole os olhinhos móveis.
e)    Corte pedaços de fitilho, encaracole com a tesoura e cole no topo da garrafa.
f)     Corte um círculo de EVA vazado no centro e encaixe no topo da garrafinha.
g)    Coloque a tampinha. Está pronto o jogo, é só criar as regras e brincar a valer.




Como brincar (jogar)?
a)    Tire par ou ímpar para iniciar a brincadeira. Cada jogador arremessará 10 argolas, uma de cada vez, tentando sempre “capturar” os bonequinhos.
b)    Cada bonequinho capturado valerá 10 pontos, portanto vence a brincadeira a criança que “capturar” mais bonequinhos.

Variação da brincadeira:
1)    As crianças poderão definir pontuação diferente para cada bonequinho, por exemplo, o azul claro vale 10 pontos, o azul escuro 15, o vermelho 20 e assim por diante.
2)    Você poderá utilizar os bonequinhos pra jogar boliche e fazer da mesma forma, cada bonequinho derrubado valerá 10 pontos ou atribuir pontos diferentes a eles.
3)    Outra possibilidade é que ao capturar um bonequinho a criança tenha que falar uma palavra que comece com a inicial da cor dele, exemplo: bonequinho laranja, formar uma palavra que comece com “l”, lápis, limão, lavanderia, etc. Vermelho, formar palavras que comecem por “v”, vagalume, veloz, vigário, vovó, etc. Se a criança conseguir falar a palavra, os pontos dobram....

Observação: As regras poderão ser criadas pelas próprias crianças.

Postado no site da Acrilex - www.acrilex.com.br - link "Educadores" - Edição 08

Ivete Raffa
Arte educadora e pedagoga
Cursos e livros para professores
iveteraffa@uol.com.br




Ideias Mil - Brincadeira de Criança - Pescaria

Postagem – Ideias Mil

Brinquedo e brincadeira – “Pescaria”


Objetivos:
-  Construção de elementos (peixinhos) que permitirão brincar de pescaria.
- Promover através da brincadeira: socialização, passatempo, impulso, atenção, direção, cálculo matemático, além de trabalhar o conceito de pequeno, médio e grande.

Materiais:  EVA, Crystal Cola (Acrilex), Marcador Permanente (Acrilex), varinhas de pescar ou a parte central de uma folha de coqueiro, linha, clip e tesoura.

Modo de fazer o brinquedo:
a)    Faça os moldes dos peixinhos em três tamanhos.
b)    Corte 6 de cada tamanho,
c)    Decore com Crystal Cola da Acrilex.
d)    Faça um furo com o vazador ou furador de papéis na parte superior de cada peixinho (boca).
e)    Faça uma varinha de pescar utilizando a parte central de uma folha de coqueiro, linha e clip
f)     Com Marcador permanente faça números na parte de trás de cada peixinho ou sugira operações, por exemplo: X 2, isto é, multiplique o que você tem por dois.
g)    Coloque areia numa caixa ou bacia, coloque os peixinhos espetados na areia e inicie a brincadeira.




Como brincar (jogar)?
a)    Tire par ou ímpar para iniciar a brincadeira. Cada jogador pescará um peixinho por vez.
b)    Cada vez que a criança pescar um peixinho deverá somar, multiplicar, subtrair ou dividir os pontos conforme a indicação atrás do peixinho. Por exemplo: Se uma criança tirou um peixinho que vale 30 pontos e na segunda rodada outro que vale 50, ele terá oitenta pontos. Se ao pescar o terceiro peixinho tiver atrás “X 2”, ele deverá multiplicar seus pontos por dois, isto é, 80 x 2 = 160.
c)    O jogo termina quando todos os peixinhos forem pescados.
d)    Vencerá o jogador que conseguir maior número de pontos.
        
Observação: Esse jogo é bem interessante porque a cada peixinho tirado os pontos poderão aumentar muito ou diminuir e não é porque o peixinho é pequeno que a pontuação é pequena, pode ser que um peixinho pequeno tenha o valor de 200 pontos e um grande 20.  Sendo assim, o jogo será sempre uma surpresa.

Obs: Postado no site da Acrilex - www.acrilex.com.br - link "Educadores" - Edição 07

Ivete Raffa
Arte educadora e pedagoga
Cursos e Livros para professores